CANDIDATURAS

Licenciatura, Mestrado Integrado, Mestrado e Doutorado

O processo de Candidatura

O processo de candidatura nas Universidades e Politécnicos em Portugal é a etapa anterior a matrícula por diferentes vias de acesso, dependendo do perfil do candidato e exige a reunião de diversos documentos que podem variar dependendo da Instituição escolhida.

Quando devo fazer a minha candidatura?

Aconselhamos que o candidato inicie o processo de candidatura, com no mínimo 6 meses de antecedência em relação ao início das aulas.

Vagas

As vagas são anunciadas anualmente pelas universidades e politécnicos, o número de vagas variam dependendo do curso escolhido.

O ano letivo em Portugal

O ano letivo em Portugal tem dois semestres, o primeiro semestre tem início na primeira quinzena de Setembro e termina em Janeiro, o segundo semestre começa em Fevereiro e tem o seu término no final do mês de Maio ou início de Junho.

Confira as formas de ingresso abaixo:

Quais são as formas de ingresso nas Universidades e Politécnicos?

LICENCIATURA E MESTRADO INTEGRADO

ENEM

Clique Aqui

TITULAR DE

DIPLOMA SUPERIOR

Clique Aqui

PROVA INTERNA

Clique Aqui

NOTA DO VESTIBULAR

Clique Aqui

MESTRADO

As Universidades e Politécnicos geralmente possuem requisitos e prazos diferentes, então, dependendo da escolha do curso, as exigências serão diferentes dependendo da Instituição de Ensino.

Durante o processo de candidatura, é feita uma entrevista com o candidato, esta entrevista é feita na língua em que o curso for ministrado e geralmente o candidato pode tirar algumas dúvidas no final.

Ao final do processo de candidatura, a divulgação dos resultados é feita através do site ou enviadas por e-mail.

DOUTORADO

As Universidades possuem  diferentes processos seletivos para os programas de Doutorado, assim como acontece nos graus de Licenciatura e Mestrado.

O processo é simples, dentro dos documentos exigidos estão, em alguns casos, um pré/projeto de tese, porém, esta exigência varia de acordo com cada Instituição e cursos oferecidos.

De acordo com o nº3 do artigo n.º1 do  regulamento de doutoramentos "compete à comissão científica de cada doutoramento (definida no artigo 10.º), dar parecer favorável à admissão dos candidatos tendo em conta o seu currículo, nomeadamente no que se refere às habilitações de acesso e respectivas classificações, e a eventuais entrevistas ou provas especiais.

*Recomendamos que o candidato internacional faça a sua candidatura já na 1º fase para ter tempo hábil na reunião de documentos, obtenção do visto e organização.

SIGA-NOS

Fique por dentro das novidades.

Novas experiências esperam por você!

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Instagram - Black Circle